Oportunidades de Emprego

Recrutamos uma nova geração de especialistas de querem contribuir na resolução de problemas persistentes através de abordagens estratégicas. Procuramos pessoas que podem sugerir e comunicar ideias novas a todos os níveis, culturais e sociais.

Para submeter um pedido de emprego ou consultar a lista de vagas de posto, queiram aceder ao nosso site de recrutamento. Se enfrentar qualquer dificuldade técnica, queira contactar jobshelp@undp.org.

Podem igualmente consultar a rúbrica “Questões mais Frequentes” (FAQ). Devido a um número elevado de solicitações, iremos atender apenas aquelas transmitidas através dessa rubrica FAQ.

Vagas de posto

Licitação e contratos

O PNUD procura garantir que os processos justos de licitação entre seus fornecedores sejam cumpridos. O PNUD em Guiné-Bissau realiza suas atividades de licitação com o

mais alto nível de transparência, afim de garantir que os fornecedores possam competir de forma justa e equitativa para oportunidades de negócios de compras. A integridade do nosso processo de aquisição decorre do cumprimento rigoroso das diretrizes globais estabelecidas pelo PNUD, que estão em conformidade com os padrões de licitação internacionais reconhecidos e as melhores práticas.

Os diferentes procedimentos de compra em vigor no PNUD Guiné-Bissau são os seguintes:

1. As mico-compras: para os bens, serviços ou a venda direta (por telefone, internet etc) a nível nacional ou internacional debaixo de US $5,000;

2. O pedido de cotação: para os bens, serviços ou a venda direta (por telefone, internet etc) a nível nacional ou internacional entre de US $5,000 e $149,999;

3. Processo de adjudicação: para os bens e serviços ao nível internacional acima de $150,000;

4. As compras diretas: não autorizadas qualquer que seja o valor dos bens e serviços em causa.

Licitaçãos

PNUD PNUD no mundo

A

Afghanistan Afrique du sud Albanie Algérie Angola Arabie saoudite Argentine Arménie Azerbaïdjan

B

Bahreïn Bangladesh Barbade Bélarus Bélize Bénin Bhoutan Bolivie Bosnie-Herzégovine Botswana Brésil Bureau du Pacifique Burkina Faso Burundi

C

Cambodge Cameroun Cap-Vert Centrafrique (République centrafricaine) Chili Chine Chypre Colombie Comores Congo (République démocratique du) Congo (République du) Corée (République populaire démocratique de) Costa Rica Côte d'Ivoire Croatie Cuba

D

Djibouti

E

Egypte El Salvador Emirats arabes unis Equateur Erythrée Ethiopie

G

Gabon Gambie Géorgie Ghana Guatemala Guinée Guinée-Bissau Guinée équatoriale Guyane

H

Haïti Honduras

I

Ile Maurice et Seychelles Inde Indonésie Irak (République d') Iran

J

Jamaïque Jordanie

K

Kazakhstan Kenya Kirghizistan Kosovo (selon RCSNU 1244) Koweït

L

Laos Lesotho Liban Libéria Libye L’Ex-République yougoslave de Macédoine

M

Madagascar Malaisie Malawi Maldives Mali Maroc Mauritanie Mexique Moldova Mongolie Monténégro Mozambique Myanmar

N

Namibie Népal Nicaragua Niger Nigéria

O

Ouganda

P

Pakistan Panama Papouasie-Nouvelle-Guinée Paraguay Pérou Philippines Programme palestinien

R

République dominicaine Russie (Fédération de) Rwanda

S

Samoa São Tomé-et-Principe Sénégal Serbie Sierra Leone Somalie Soudan Soudan du Sud Sri Lanka Suriname Swaziland Syrie

T

Tadjikistan Tanzanie Tchad Thaïlande Timor-Leste Togo Trinité et Tobago Tunisie Turkménistan Turquie

U

Ukraine Uruguay Uzbekistan

V

Venezuela Viet Nam

Y

Yémen

Z

Zambie Zimbabwe