João Melo, UNV é o ponto focal do PNUD para o COVID-19.

Na Guiné-Bissau, os Voluntários da ONU estão apoiando o envolvimento do sistema da ONU no plano nacional de contingência COVID-19 e liderando a sensibilização das comunidades.

Se existe uma habilidade que os Voluntários da ONU actualmente designados na Guiné-Bissau fortaleceram na luta contra o COVID-19, é adaptabilidade às situações locais e nacionais.

João Hernani Melo e Laura Brandão, Voluntários da ONU no Brasil designados ao PNUD e ao UNFPA, respectivamente, tiveram que desenvolver estratégias de resposta eficazes para acompanhar o governo e apoiar as comunidades nestes tempos difíceis.

Como associado de projeto da Unidade de Gerenciamento de Programas do Fundo Global do PNUD, João Melo é o ponto focal do PNUD para o COVID-19. Nesta nova função, ele coordena estratégias de resposta e implementação de actividades em nível nacional. João também apoia colegas do Programa Mundial de Saúde (OMS) e participa das atividades do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública do país.

Na Guiné-Bissau, muitas famílias compartilham espaços comuns e a economia informal é a única maneira de as pessoas ganharem seu salário diário. Nesse contexto, as medidas de prevenção precisam ser adaptadas a esse contexto para garantir a continuidade dos meios de subsistência em um ambiente seguro. - João Melo, Associado do Projeto Voluntário da ONU ao PNUD.

Laura Brandão e seus colegas do UNFPA envolvem ativamente mulheres e jovens líderes para apoiar a resposta à pandemia no país. Ela atua como Coordenadora de Projetos Voluntários da ONU para um projeto do Fundo de Construção da Paz das Nações Unidas (UNPBF), promovendo a participação política de mulheres e jovens.

Através do meu trabalho, garanto que mulheres e jovens líderes estejam ativamente engajados no combate ao COVID-19 nas oito regiões do país. - Laura Brandão, Coordenadora de Projetos Voluntários da ONU no UNPBF

Para isso, ela colabora com a Academia de Líderes do Ubuntu para aumentar a conscientização e disseminar mensagens oficiais de prevenção ao COVID-19 por meio de telefonemas. A estratégia é simples: diariamente, cinco técnicos ligam para 40 Pontos Focais espalhados por todo o país, que, por sua vez, seguem chamando outros 25 estagiários cada.

Através dessas ligações telefônicas diárias, o UNFPA visa treinar e motivar 1.000 mulheres e jovens líderes na transformação social nas comunidades. Eles também permitem que o UNFPA contribua para alerta precoce e resposta rápida à pandemia, por meio da disseminação de informações oficiais e dados precisos sobre o COVID-19.

Para ajudar Laura a monitorar a eficiência, um banco de dados online segue a percepção da comunidade, coesão e acesso a serviços. Isso, por sua vez, informa as acções dos actores institucionais que abordam o COVID-19 por meio de dados desagregados por sexo para obter sinergia e agilizar a resposta rápida.

Actualmente, 15 voluntários da ONU estão servindo com sete entidades da ONU, incluindo o Escritório Integrado de Construção da Paz das Nações Unidas na Guiné-Bissau (UNIOGBIS). Segundo a OMS, o país ocupa o 23º lugar mais afectado pelo COVID-19 no continente.

Créditos do artigo:  (Mr.) Alioune Sagara GUINDO, Program Assistant - Online Volunteering.

PNUD PNUD no mundo

A

Afghanistan Afrique du sud Albanie Algérie Angola Arabie saoudite Argentine Arménie Azerbaïdjan

B

Bahreïn Bangladesh Barbade Bélarus Bélize Bénin Bhoutan Bolivie Bosnie-Herzégovine Botswana Brésil Bureau du Pacifique Burkina Faso Burundi

C

Cambodge Cameroun Cap-Vert Centrafrique (République centrafricaine) Chili Chine Chypre Colombie Comores Congo (République démocratique du) Congo (République du) Corée (République populaire démocratique de) Costa Rica Côte d'Ivoire Croatie Cuba

D

Djibouti

E

Egypte El Salvador Emirats arabes unis Equateur Erythrée Ethiopie

G

Gabon Gambie Géorgie Ghana Guatemala Guinée Guinée-Bissau Guinée équatoriale Guyane

H

Haïti Honduras

I

Ile Maurice et Seychelles Inde Indonésie Irak (République d') Iran

J

Jamaïque Jordanie

K

Kazakhstan Kenya Kirghizistan Kosovo (selon RCSNU 1244) Koweït

L

Laos Lesotho Liban Libéria Libye L’Ex-République yougoslave de Macédoine

M

Madagascar Malaisie Malawi Maldives Mali Maroc Mauritanie Mexique Moldova Mongolie Monténégro Mozambique Myanmar

N

Namibie Népal Nicaragua Niger Nigéria

O

Ouganda

P

Pakistan Panama Papouasie-Nouvelle-Guinée Paraguay Pérou Philippines Programme palestinien

R

République dominicaine Russie (Fédération de) Rwanda

S

Samoa São Tomé-et-Principe Sénégal Serbie Sierra Leone Somalie Soudan Soudan du Sud Sri Lanka Suriname Swaziland Syrie

T

Tadjikistan Tanzanie Tchad Thaïlande Timor-Leste Togo Trinité et Tobago Tunisie Turkménistan Turquie

U

Ukraine Uruguay Uzbekistan

V

Venezuela Viet Nam

Y

Yémen

Z

Zambie Zimbabwe