Foto: PNUD, 2021

Como parte do apoio ao reforço da capacidade da inclusão financeira na Guiné-Bissau, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) está a desenvolver ações para o melhor conhecimento e aprofundamento da inclusão financeira como um dos setores-chave para o desenvolvimento do país e ferramenta para o acesso aos rendimentos e melhoria de condições da população.

Inclui-se entre estas ações, a realização de um estudo que visa avaliar e identificar lacunas, constrangimentos e entraves atuais e futuros do lado da procura e da oferta. O estudo visa ainda fornecer recomendações concretas sobre os serviços financeiros inovadores necessários para reforçar a inclusão financeira, responder às necessidades e exigências da população da Guiné-Bissau, tanto residente como na diáspora, e tornar o sector financeiro mais propício ao desenvolvimento do sector privado e à diversificação da economia do país.

Com vista à recolha de informações para o estudo,  o PNUD promoveu um encontro em Bissau no dia 20 de julho, com os diferentes atores do setor,  para discutir as necessidades e bloqueios a fim de apoiar a inclusão financeira no país. Neste encontro participaram representantes da banca, ministério das finanças, economia e planeamento, instituições financeiras de microcrédito, sociedade civil e sector privado.

As conclusões da discussão irão contribuir para a avaliação e implementação do projeto de Inclusão Financeira financiado pelo PNUD.

Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

A

Afghanistan Afrique du sud Albanie Algérie Angola Arabie saoudite Argentine Arménie Azerbaïdjan

B

Bahreïn Bangladesh Barbade Bélarus Bélize Bénin Bhoutan Bolivie Bosnie-Herzégovine Botswana Brésil Bureau du Pacifique Burkina Faso Burundi

C

Cambodge Cameroun Cap-Vert Centrafrique (République centrafricaine) Chili Chine Chypre Colombie Comores Congo (République démocratique du) Congo (République du) Corée (République populaire démocratique de) Costa Rica Côte d'Ivoire Croatie Cuba

D

Djibouti

E

Egypte El Salvador Emirats arabes unis Equateur Erythrée Ethiopie

G

Gabon Gambie Géorgie Ghana Guatemala Guinée Guinée-Bissau Guinée équatoriale Guyane

H

Haïti Honduras

I

Ile Maurice et Seychelles Inde Indonésie Irak (République d') Iran

J

Jamaïque Jordanie

K

Kazakhstan Kenya Kirghizistan Kosovo (selon RCSNU 1244) Koweït

L

Laos Lesotho Liban Libéria Libye L’Ex-République yougoslave de Macédoine

M

Madagascar Malaisie Malawi Maldives Mali Maroc Mauritanie Mexique Moldova Mongolie Monténégro Mozambique Myanmar

N

Namibie Népal Nicaragua Niger Nigéria

O

Ouganda

P

Pakistan Panama Papouasie-Nouvelle-Guinée Paraguay Pérou Philippines Programme palestinien

R

République dominicaine Russie (Fédération de) Rwanda

S

Samoa São Tomé-et-Principe Sénégal Serbie Sierra Leone Somalie Soudan Soudan du Sud Sri Lanka Suriname Swaziland Syrie

T

Tadjikistan Tanzanie Tchad Thaïlande Timor-Leste Togo Trinité et Tobago Tunisie Turkménistan Turquie

U

Ukraine Uruguay Uzbekistan

V

Venezuela Viet Nam

Y

Yémen

Z

Zambie Zimbabwe