Foto: PNUD, 2021

A Academia de Liderança é uma iniciativa emblemática do PNUD Guiné-Bissau lançada em maio de 2021, que visa transformar a Guiné-Bissau através do desenvolvimento de uma poderosa rede de líderes que possam trabalhar em conjunto para sustentar a paz e traçar um caminho para o desenvolvimento a longo prazo, inclusivo e sustentável. Isto será conseguido através do reforço das capacidades dos diferentes grupos para liderar e implementar as mudanças transformadoras necessárias. Em julho foi assinado um Memorando de Entendimento com um parceiro internacional, Apolitical, uma plataforma de aprendizagem para o governo, funcionários públicos que visa impulsionar e reforçar as capacidades críticas do governo em termos de implementação de políticas públicas.

Apolitical tem membros de 160 países diferentes de diferentes origens e vocações, o que permite a troca de diferentes experiências sobre o papel dos governos e dos funcionários públicos, dando assim aos cidadãos a possibilidade de se sentirem não só representados, mas também membros integrais e participativos no processo de implementação de políticas públicas que terão um impacto positivo nas suas vidas. 

O Memorando de Entendimento entre a Academia de Liderança e a Apolitical cobre a tradução e disponibilização para português do conteúdo da Apolitical no website da Academia de Liderança. O objetivo é dispor de mais pessoas com acesso a conteúdos em português sobre liderança e, além disso, os seus conhecimentos sobre tópicos relacionados com políticas públicas e serviço público lidos sobre histórias de sucesso sobre governação e modelos que podem ser replicados noutros contextos e realidades, tornando o governo e os serviços públicos mais responsáveis.

A parceria com a Apolitical surge na sequência de outras parcerias fortes feitas com o Instituto Pedro Pires para a Liderança em Cabo Verde, que apoiou o lançamento da Academia, a organização não-governamental americana, Accountability Lab, que desenvolveu cursos personalizados sobre liderança e integridade e anti-corrupção; e com a Impact Hub Network, também financiada pela Fundação MAVA, para reforçar os empresários locais que querem liderar um centro de empreendedorismo de impacto na Guiné-Bissau. Estão previstas várias outras parcerias no futuro.

Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

A

Afghanistan Afrique du sud Albanie Algérie Angola Arabie saoudite Argentine Arménie Azerbaïdjan

B

Bahreïn Bangladesh Barbade Bélarus Bélize Bénin Bhoutan Bolivie Bosnie-Herzégovine Botswana Brésil Bureau du Pacifique Burkina Faso Burundi

C

Cambodge Cameroun Cap-Vert Centrafrique (République centrafricaine) Chili Chine Chypre Colombie Comores Congo (République démocratique du) Congo (République du) Corée (République populaire démocratique de) Costa Rica Côte d'Ivoire Croatie Cuba

D

Djibouti

E

Egypte El Salvador Emirats arabes unis Equateur Erythrée Ethiopie

G

Gabon Gambie Géorgie Ghana Guatemala Guinée Guinée-Bissau Guinée équatoriale Guyane

H

Haïti Honduras

I

Ile Maurice et Seychelles Inde Indonésie Irak (République d') Iran

J

Jamaïque Jordanie

K

Kazakhstan Kenya Kirghizistan Kosovo (selon RCSNU 1244) Koweït

L

Laos Lesotho Liban Libéria Libye L’Ex-République yougoslave de Macédoine

M

Madagascar Malaisie Malawi Maldives Mali Maroc Mauritanie Mexique Moldova Mongolie Monténégro Mozambique Myanmar

N

Namibie Népal Nicaragua Niger Nigéria

O

Ouganda

P

Pakistan Panama Papouasie-Nouvelle-Guinée Paraguay Pérou Philippines Programme palestinien

R

République dominicaine Russie (Fédération de) Rwanda

S

Samoa São Tomé-et-Principe Sénégal Serbie Sierra Leone Somalie Soudan Soudan du Sud Sri Lanka Suriname Swaziland Syrie

T

Tadjikistan Tanzanie Tchad Thaïlande Timor-Leste Togo Trinité et Tobago Tunisie Turkménistan Turquie

U

Ukraine Uruguay Uzbekistan

V

Venezuela Viet Nam

Y

Yémen

Z

Zambie Zimbabwe