Campanha nacional para distribuir redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração, utilizando carrinhos de mão para chegar à população, Foto: PNUD 2021

Em 2020, o Governo da Guiné-Bissau, com o apoio dos seus parceiros incluindo o PNUD, levou a cabo uma campanha nacional para distribuir redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração a toda a população, em conformidade com a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de um ciclo de campanha de três anos. Devido à pandemia de coronavírus, foram feitas adaptações estratégicas, seguindo as recomendações da OMS, do Fundo Global, e da Aliança para a Prevenção da Malária (AMP) para o contexto da COVID-19. A distribuição de redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração a cada família foi, portanto, realizada porta-a-porta (em vez de em pontos fixos de distribuição de longo alcance) através de 4.414 trabalhadores comunitários de saúde e 4.414 mobilizadores (e o mesmo número de pessoal de apoio encarregado de transportar as redes utilizando meios locais, tais como carrinhos de mão). 

No final da campanha, 2.293.177 pessoas tiveram acesso às redes mosquiteiras para proteção contra a malária, através da distribuição de 1.287.746 redes mosquiteiras antes da época alta de transmissão. Isto equivalia a uma rede mosquiteira para cada 1,8 pessoas (dados administrativos provisórios). O forte envolvimento de todos os atores envolvidos na campanha, numa altura em que o estado de emergência foi declarado, assegurou uma rápida revisão e adaptação da estratégia para alinhar com o contexto da COVID-19 e as medidas para a sua prevenção postas em prática pelo Governo da Guiné-Bissau. 

Três estratégias, nomeadamente, advocacia, mobilização social e comunicação de mudança social e de comportamento, tornaram os resultados possíveis. Representantes políticos, administrativos e religiosos, ONG e associações, organizações da sociedade civil, líderes dos meios de comunicação social, etc. estiveram envolvidos em todas as três estratégias. A forte campanha de comunicação a todos os níveis permitiu um maior envolvimento da comunidade e dos membros das famílias na campanha, evitando rumores adversos sobre a campanha, e permitindo uma boa cobertura final das famílias com redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração.
.

Icon of SDG 03

PNUD PNUD no mundo

A

Afghanistan Afrique du sud Albanie Algérie Angola Arabie saoudite Argentine Arménie Azerbaïdjan

B

Bahreïn Bangladesh Barbade Bélarus Bélize Bénin Bhoutan Bolivie Bosnie-Herzégovine Botswana Brésil Bureau du Pacifique Burkina Faso Burundi

C

Cambodge Cameroun Cap-Vert Centrafrique (République centrafricaine) Chili Chine Chypre Colombie Comores Congo (République démocratique du) Congo (République du) Corée (République populaire démocratique de) Costa Rica Côte d'Ivoire Croatie Cuba

D

Djibouti

E

Egypte El Salvador Emirats arabes unis Equateur Erythrée Ethiopie

G

Gabon Gambie Géorgie Ghana Guatemala Guinée Guinée-Bissau Guinée équatoriale Guyane

H

Haïti Honduras

I

Ile Maurice et Seychelles Inde Indonésie Irak (République d') Iran

J

Jamaïque Jordanie

K

Kazakhstan Kenya Kirghizistan Kosovo (selon RCSNU 1244) Koweït

L

Laos Lesotho Liban Libéria Libye L’Ex-République yougoslave de Macédoine

M

Madagascar Malaisie Malawi Maldives Mali Maroc Mauritanie Mexique Moldova Mongolie Monténégro Mozambique Myanmar

N

Namibie Népal Nicaragua Niger Nigéria

O

Ouganda

P

Pakistan Panama Papouasie-Nouvelle-Guinée Paraguay Pérou Philippines Programme palestinien

R

République dominicaine Russie (Fédération de) Rwanda

S

Samoa São Tomé-et-Principe Sénégal Serbie Sierra Leone Somalie Soudan Soudan du Sud Sri Lanka Suriname Swaziland Syrie

T

Tadjikistan Tanzanie Tchad Thaïlande Timor-Leste Togo Trinité et Tobago Tunisie Turkménistan Turquie

U

Ukraine Uruguay Uzbekistan

V

Venezuela Viet Nam

Y

Yémen

Z

Zambie Zimbabwe